Blusas Peplum: desde os anos 40 no guarda-roupa das mulheres

Continuando na tendência lady like, a cintura tem sua posição como principal amostra do feminismo na moda atual. Marcando o que a mulher tem de mais bonito, porém sem vulgarizar a imagem, a cintura sempre foi e será a imagem de mulher romântica e feminina.

É possível ver a passagem do tempo e como a marcação da cintura se modificou durante isso. O espartilho, usados na renascença e que foi sumindo com o tempo, afinava, apertava e delineava as curvas femininas, principalmente na área da cintura. Contudo, o estilo foi sumindo aos poucos, principalmente após a emancipação da mulher.

Por um tempo, as roupas não delineavam tanto a cintura. Entretanto, a moda voltou. Alguns anos para cá, a marcação da cintura ficou mais em evidência, assim como o estilo lady like e as mulheres pin ups. Cintos, corsets, calças altas, entre outros, voltaram à moda, todos com o propósito de deixar a mulher ainda mais feminina. Para o verão 2013 veremos ainda muito disso.

Para contribuir ainda mais para a imagem da mulher feminina, os babados, que dão um ar romântico, serão vistos no estilo Peplum. Mas o que, afinal, significa esse tal de Peplum?


Estilo de peplum no início dos anos 40

Moda peplum Dior 1947

Surgiu ao final dos anos 30, anteriormente à segunda guerra mundial, época que foi excluído dos guarda-roupas. Quando foi usado pela primeira vez, o mundo passava por uma época em que as pessoas viviam momentos de glória, sem recessão. Porém, quando se iniciou a grande guerra, que marcou a história como sendo o maior massacre na história, as pessoas começaram a abominar tal estilo, principalmente por lembrar uma época de fartura, que já não existia mais. Após a grande guerra, Christian Dior, estilista renomado, e o New Look tentou trazer o babado para a moda novamente, principalmente na forma de jaqueta. Na década de 80, o babado reapareceu, principalmente adornando saias, blusas e tops. Em 2008 os babados voltaram às passarelas, principalmente em estilos volumosos, com muitas camadas. Desde essa época, esse estilo está decorando as mulheres de todos os países.


Peplum nos anos 80

O desenho do peplum é muito simples, um pouco diferente dos tradicionais babados cheios de camadas. Concentrando-se em um grande babado na altura do quadril, diminui a silhueta, pois disfarça gordurinhas, e marca a cintura. Existem vários estilos, podendo ser usados com tecidos diferentes. Os principais tecidos são aqueles que dão volume, marcando o babado de maneira que ele fique alto, um pouco mais armado.

O peplum, desde 2011, tem povoado as passarelas das principais marcas internacionais, como Giorgi Armani, Ives Saint Laurent, Badgley Mischka e Jason Wu. Emporio Armani, Roland Mouret e Mary Katrantzou já apostaram no estilo em 2012. Outras marcas já estão apostando no peplum, como Marc Jacobs, GETTY; e no Brasil, podemos ver nas lojas da Zara, Renner, entre outras.


Blusa Peplum com calça estampada

A maneira de usá-lo é bem diversificada. Pode ser usado com calças, shorts, saias secretárias ou bandage e jaquetas. O que mais tem sido visto, seja nas passarelas ou nas ruas, é a blusa peplum com calça skinny. Pode ser uma calça jeans, ou, até mesmo, uma calça estampada, contando que o peplum seja monocromático quando usado com este último. O que vale é abusar dessa nova tendência, deixando seu look romântico e feminino.

Combine o peplum, também, com peças discretas, principalmente porque o peplum será o destaque do look. Misture com acessórios românticos, dando ainda mais valor ao look lady like. Todas as mulheres, sem exceção, podem usar. Seja magrinha ou gordinha, o peplum disfarça as gordurinhas, afina a cintura e dá um ar feminino a qualquer silhueta.


Peplum com saia bandage

Harmonize o sapato com o estilo do look. Quando optar por um look mais fechado, com roupas mais escuras, pense em sapatos mais pesados e com cores que sejam afins. Caso o visual tenda para cores mais claras, combine o peplum com a cor que será usada na calça, não necessariamente da mesma cor, mas cores com afinidades. Escolha sapatos mais delicados quando for usar looks mais claros.

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Comentários

2 Responses to “Blusas Peplum: desde os anos 40 no guarda-roupa das mulheres”
  1. Lígia disse:

    Tudo de bom

  2. Haryzia Gomes disse:

    tudo de bom

Deixe seu comentário