Colar nas costas – Tendência nova para acessórios

Mudanças sempre são bem vidas, especialmente quando renovamos algo que está esquecido no fundo do guarda roupa, não é mesmo?! Pois bem, hoje iremos trazer uma maneira nova de renovar algo dos seus acessórios, inovando e modificando a maneira de usar: a novidade é o colar nas costas.

Não acho que essa tendência seja tão nova assim. Já havia visto, há alguns anos atrás, essa mesma maneira de usar o colar, especialmente quando o mulherio tinha um vestido com um grande decote nas costas. Eu, especialmente, acho lindo as costas desnudas em vestidos, assim como decotes de tomara que caia sem nenhum adereço. Mas tenho que dar o braço a torcer que um colar ou uma gargantilha delicada deixa a produção bem mais suave e feminina.

É dessa forma que deve entrar o tal colar nas costas. Temos visto, por aí, vários maxi colares, grotescos e feitos com feltro, com pedras coladas a eles de maneira bem rústica. Existem as pessoas que apreciam tal moda, mas não vejo beleza nenhuma em colares mal feitos, mal colados e que deixam o visual da mulher bem grosseiro.

Pensando no estilo que era usado antigamente com o escapulário (em sua época áurea, que todas as pessoas estavam usando, inclusive aquelas que não eram muito ligadas à religião), com dois pingentes de igual tamanho, um no meio das costas e outro no meio do peito, podemos ver como a tendência de colar nas costas pode ter começado.

Depois do escapulário foi a hora dos maxi colares que mais pareciam coletes, e que ficavam, na maioria das vezes, nas costas. A Farm, até hoje, produz lindas peças desse estilo. As mais ousadas o usavam combinando com vestidos e blusas que seguiam o estilo do colete/colar, com mesma cor e corte.

Agora, depois dos maxi colares grotescos e daqueles mais finos e cheios de voltas que foram muito usados em meados de 2009 e 2010, é a hora dos longos colares, finos, delicados e com estilos diferentes para as costas femininas.

A melhor maneira, e aquela que tem ganhado mais elogios por parte dos fashionistas e especialistas da área, é usar longos colares com correntes delicadas e finas, balanceadas aos decotes de mesmo tamanho nas costas. Se você optar por um decote menos profundo, escolha um colar de tamanho proporcional, para que ele não brigue com o vestido, ou seja, suma nos detalhes da roupa.

Colares nas costas – Tendências 2013 e como usar

Da mesma forma, escolha um penteado que prenda os cabelos de maneira que o colar e o decote sejam favorecidos e, principalmente, vistos. É importante balancear as formas, para que a produção fique mais bonita e harmoniosa. Portanto, coques, penteados laterais e rabos de cavalo altos favorecem os decotes nas costas e os detalhes, como o colar.

A cor do colar também é importante ser salientado. Como podemos ver, nas fotos que separamos para servir de inspiração para vocês, a maioria dos colares são bem balanceados com os vestidos, não somente no estilo, mas nas cores também. Como vimos nos posts sobre o Oscar (sobre maquiagem e sobre unhas), as cores que estão sendo cogitadas para virar tendências, especialmente para eventos mais formais, são as sóbrias e suaves, especialmente em eventos durante o dia (o que não é uma novidade, convenhamos). Assim, escolha vestidos mais delicados, com tons mais claros, com colares longos, seguindo o decote (seja das costas ou do busto), este de cor afim.

Claro, os tons escuros também podem ser usados, não foram relegados ao esquecimento. Os colares podem seguir a tonalidade dos vestidos mais escuros, trazendo, também, brilho para a produção. Essa combinação, vestido escuro mais fosco, com colar brilhante ou metalizado, deixa a produção ainda mais bonita, especialmente para eventos noturnos.

O Oscar trouxe várias coisas interessantes, e que provavelmente irão virar tendência para as próximas estações, mas também mostrou que as celebridades podem cometer erros. Duas das ganhadoras do Oscar, Anne Hathaway e Jennifer Lawrence, usaram colares nas costas. Infelizmente, eles não ficaram tão bonitos quanto poderiam. Jennifer Lawrence usou um colar, fino e delicado, harmonizado com a cor do vestido, colar que era longo demais para o seu vestido tomara que caia da Dior (cheio de camadas que a fizeram tropeçar ao subir as escadas para buscar seu prêmio); e Anne Hathaway (criticada pelo vestido Prada de corte reto) com alças que se cruzavam nas costas, atrapalhando a visão do belo colar, de tamanho médio, que ficou por cima dessas mesmas alças.

Vendo esses pequenos, porém desastrosos, erros que foram cometidos no red carpet, é interessante ver a importância do planejamento dos detalhes, especialmente levando em consideração o corte dos vestidos. Por isso, só depois de adquirir o vestido, experimentá-lo, pense no resto dos detalhes, como sapatos e acessórios. Às vezes, menos é mais (Já disse uma vez Coco Chanel), e deixar de usar algum acessório fica melhor e mais bonito do que colocar algo só porque é bonito, mas em nada combinaria com o vestido.

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu comentário