Conheça os tipos de métodos anticoncepcionais (contraceptivos)

Hoje em dia existem diversos métodos contraceptivos e essa gama de opções acaba gerando dúvida nas mulheres em relação a que tipo de método contraceptivo usar. Por isso, fizemos uma relação dos métodos disponíveis no mercado farmacêutico, portanto, o seu trabalho agora é escolher qual você irá aderir.

O principal objetivo da camisinha é a prevenção da transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), portanto, independentemente de você usar outro método contraceptivo, como por exemplo, anticoncepcional em comprimido ou em injeção, você não deve abrir mão da camisinha. Pois, ela é um dos melhores métodos de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada. No entanto, para os homens que não gostam muito de usar camisinha a parceira pode utilizar o preservativo feminino que também tem a mesma eficácia do preservativo masculino.

O método anticoncepcional mais conhecido é a pílula anticoncepcional feminina.Este método de prevenção foi criado


Pílula anticoncepcional feminina

em 1962 e o primeiro país a comercializar foi os EUA. Portanto, a primeira pílula do mercado foi feita à base de progesterona e estrogênio e foi criada para ser tomada diariamente. Atualmente existe no mercado uma centena de marcas, no entanto, é necessário consultar a sua ginecologista antes de comprar, pois ela indicará qual é o melhor para você. Para as mulheres mais esquecidas o anticoncepcional em pílula é perigoso, pois ele deve ser tomado diariamente e sempre no mesmo horário para manter a eficácia. Geralmente a pausa é de sete dias, mas existem alguns em que a pausa é de quatro dias.

As injeções anticoncepcionais são indicadas para as mulheres que se esquecem de tomar a pílula, no entanto, é necessário consultar o seu médico, pois é necessária receita médica para aplicação em farmácia. Existem dois tipos de injeções as mensais e as trimestrais, ambas com a mesma eficácia de prevenção. Portanto, se você não quer mensalmente tomar uma “pequena agulhada” no braço ou no glúteo pode optar em tomar a injeção trimestral.

Uma novidade é o adesivo contraceptivo que deve ser colocado no braço, nas costas, no bumbum (parte de cima) ou no abdômen (próximo ao umbigo). Em função de o adesivo ser colado na pele, os hormônios presentes (progesterona e estrogênio) vão diretamente para a corrente sanguínea. A embalagem contêm três adesivos que deve ser utilizado durante uma semana cada um completando um ciclo de 21 dias e a pausa deve ser de sete dias.

Portanto, existem diversos tipos de métodos contraceptivos, mas é importante consultar o médico ginecologista, pois ele é o profissional apto e capacitado para identificar qual o melhor remédio que se encaixa no seu perfil/biótipo. 

Estudante de Jornalismo, com experiência em criação de textos para sites e blogs. Geralmente os temas são relacionados a beleza, moda, saúde e tendências.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário