Cuidados com os cabelos no inverno

cuidados-com-os-cabelos-no-invernoNormalmente, cuidamos mais dos nossos cabelos no verão, já que ficamos mais expostos ao sol, água do mar e da piscina. O inverno é a pausa na avaria do cabelo, com tratamentos e a tentativa de melhora dos fios depois de terem sido mal tratados nos dias quentes.

Mas o inverno não deve ser considerado somente um período de reabilitação do cabelo pós-verão (também pode ser visto assim). Ele deve ser visto como um período de cuidados, também, em relação às intempéries dos dias frios, e é o que vamos conhecer neste post: o que poderia danificar nossos cabelos no inverno e como prevenir para chegar ao verão linda(o)!

Tratamentos para os cabelos no inverno

Para começo de conversa, como são seus banhos durante o inverno? Frios e rápidos? Imagino que não. Por mais que acreditemos que somente no verão nossos cabelos sofrem mais, o inverno pode contribuir para depreciar e muito nossos fios, por começar pelos banhos quentes. A água quente retira a oleosidade natural dos fios, aquela que é produzida no bulbo capilar, em uma área próxima à raiz. De lá ela se espalha pelo couro cabeludo e pelos fios, protegendo-os. Tudo bem, algumas pessoas possuem cabelos mais oleosos que outras, mas mesmo essas pessoas podem ser afetadas pela perda da oleosidade. Quando o couro cabeludo perde totalmente a oleosidade, o cabelo se torna ressecado, quebradiço, perde o brilho e corre o risco de se quebrar.

Outro problema, relativo, ainda, à oleosidade do couro cabeludo, é a diminuição progressiva de óleo quando as temperaturas diminuem. No frio as glândulas sebáceas produzem menos, por isso deve-se ter cuidado redobrado nessa época, seja com banhos muito quentes, seja com o uso dos secadores, chapinhas e babyliss, pois podem danificar muito mais os cabelos.

Em contrapartida, existem os casos em que o corpo exagera na hora de produzir óleo, especialmente quando perde uma camada da pele (que o couro cabeludo também possui) chamada de manto hidrolíptico. Essa camada protege a pele de vários problemas, mas pode ser retirada com escovação em excesso, água muito quente, produtos químicos (cabelos tratados quimicamente, seja pelas escovas progressivas ou pela tintura). Quando o corpo percebe que está faltando esse manto, produz muito óleo, para compensar a perda do mesmo, na intenção de proteger a área. Isso pode não danificar os fios (só de não ter o manto hidrolíptico já é uma questão preocupante), mas poderia deixá-los pesados, sem brilho e sem vida.

O problema de pouca oleosidade pode muito bem ser resolvido com a diminuição do tempo de banho e da temperatura da água, além de banhos de creme a cada 15 dias (alguns cabelos demandam tratamentos com cremes toda a semana – depende do estado em que ele se encontra). Cortar os cabelos também é uma opção, pois eles cresceriam mais fortes, somente com o corte das pontas. Escolha um creme de hidratação bom, que combine com o seu tipo de cabelo e deixe por uns 15 minutos, depois de lavá-los com um xampu também feito para o seu tipo de cabelo. Acrescentar ampolas de vitamina C e E também poderiam ajudar na melhora dos fios. Óleo de argan é um ótimo produto para se usar na recuperação dos fios (já falamos dele aqui).

Já para os fios com excesso de oleosidade, a melhor opção é usar somente água morna, nada de água quente, diminuir as escovações (que poderiam ter ação abrasiva no couro cabeludo), dar uma pausa nos produtos químicos fortes nos fios e fazer a técnica usada no parágrafo anterior: cuidar dos fios com cremes hidratantes, cortar as pontas, entre outros.

Cabelos-Ressecados-no-Inverno-Tratamentos

Últimas dicas: deixe de lado no inverno as xuxinhas de cabelo, ou pelo menos as evite. Com o tempo frio e o cabelo já com a problemática do ressecamento, as xuxinhas poderiam contribuir para acelerar o processo de quebra, assim como repuxar os fios desde a raiz, local que já está prejudicado (para aquelas pessoas que estão sem o manto protetor, imagine a tensão que um prendedor de cabelo na faz na raiz, prejudicando ainda mais aquele local sem sua capa protetora).

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe seu comentário