Férias de Julho – Arrumando as malas eficientemente

dicas de como arrumar as malas com perfeiçãoAs férias de julho estão chegando e é hora de aprontar as malas para viajar. Para quem tem filhos, é hora de arrumar as próprias malas e a dos pequenos também. Agora começa, também, aquela velha mania das pessoas dizerem que mulher não sabe arrumar mala, levando mais roupa do que o necessário nas viagens. É super normal isso acontecer, afinal não teremos nosso guarda roupa (closet, para as phynas) por perto para fazermos as combinações que desejamos na hora. Por isso acontece o método de arrumar mala chamado de “vaique”: Vai que vamos à piscina – acrescenta três biquínis para uma viagem para Campos do Jordão no inverno; Vai que tem uma festa de gala – acrescenta dois vestidos longos e com camadas à mala para uma viagem para a fazenda; Vai que passamos frio – quatro trench coats para uma viagem ao nordeste; e assim por diante.

Nada mais natural, especialmente para as mulheres, passar por essa tentação de encher a mala com várias roupas, para vários eventos, com diferentes combinações. Mas, às vezes, encher muito a mala pode dar até prejuízo. Para uma viagem de avião, as malas muito pesadas tem uma cobrança a mais e, digamos, ela é muitas vezes salgada. Quando acontecem viagens ao exterior, essa cobrança pode ficar ainda mais cara. Em uma viagem de ônibus, por mais que o bagageiro deste seja grande, você terá que carregar suas malas dentro da rodoviária, levar até o taxi, movimentar-se, enfim. Por mais que ela tenha rodinhas, uma mala muito pesada fica difícil de transportar. Mesmo que não seja uma viagem de avião, seja de carro, o porta malas tem um espaço limitado. Se você não quiser colocar malas e mais badulaques no seu colo e no colo dos passageiros que irão viajar com você, é hora de começar a planejar melhor suas malas de férias.

Dicas de como arrumar as malas corretamente

como organizar e arrumar a mala corretamentePara começar, pense nos dias que você irá passar no local para onde irá viajar. A partir dos dias você irá começar a pensar nas roupas que irá adicionar à sua mala. Com o calendário em mãos, é hora de saber o clima de lá. Se for clima frio, pelo menos normalmente naquela região que você está indo, escolha mais roupas quentes. Se o clima for tendendo para o calor, escolha mais roupas frescas. No caso de você estar realmente em dúvida, escolha mais roupas frescas, mas leve dois casacos quentes, pelo menos, afinal a roupa fresca pode servir para o dia frio, com os devidos casacos, e para o dia quente.

Uma das principais dicas, e que eu faço, é anotar, em um papel, os dias que você irá passar em tal local e, para cada dia, escolher três combinações de roupa. Claro, é importante pensar o que será feito nos dias que você passará lá. Um exemplo é ir para uma praia. Normalmente, você escolhe um biquíni e uma canga e passa o dia todo com ela. A noite irá escolher outra produção, pensando no que fará, como ir a um restaurante, um barzinho, passear pela orla, conhecer as feirinhas de artesanato, entre outros. Utilize as três produções como margem de erro, porque sempre corremos o risco de sujar, rasgar ou qualquer outra coisa uma das produções que havíamos planejado. Mesmo que o seu caso não seja ir à praia, sempre coloque uma produção a mais no seu dia, pois ela servirá para o imprevisto.

Pensando no “vaique”, podemos usar essa possibilidade, porém com cautela. Claro que você irá levar uma roupa mais formal, mas ela deve ser mais flexível. Um vestido longo não seria o ideal para uma saída a uma boate, certo?! Da mesma forma, um vestido super curto, bem ajustado ao corpo, também não cairia nada bem em um casamento. Por isso, pense no meio termo. Um vestido que combinaria perfeitamente com um evento mais formal, ou com uma balada. Acredito que isso é questão de acessórios. Um vestido meio termo com um sapato dourado ou prata, com uma bolsa com brilho e uma maquiagem poderosa combina perfeitamente com uma boate. Já, este mesmo vestido, com um scarpin mais formal, uma clutch seguindo o estilo do sapato, uma maquiagem chique, porém menos extravagante, poderia muito bem te levar a uma festa mais chique e formal.

O que não pode faltar na mala?

Entre os itens que não podem faltar na mala, pense em um short jeans, um casaco, pijama, chinelos, calça jeans (depende do clima do lugar, mas uma calça, pelo menos, é importante), camisetas (são neutras, podem ser usadas com várias peças), entre outros, dependendo do seu estilo e necessidade.

Logo mais traremos mais informações pertinentes para você arrumar a sua mala e, é claro, dos filhos, marido, amiga e quem mais precisar da sua ajuda.

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário