Morro de São Paulo – Parte 1

Entre os vários lugares que exigem visitação no estado da Bahia, o Morro de São Paulo está em primeiro lugar. Situado na ilha de Tinharé, no município de Cairu, estado da Bahia, o local ainda faz parte de uma das áreas que a mão humana não destruiu no Brasil. A região que se localiza a ilha faz parte da Costa do Dendê, local onde existe uma intensa produção do óleo, e que abastece grande parte do estado baiano e do país.

O Morro de São Paulo tem sua história iniciada ainda na época do Brasil Colônia. Por volta de 1531, Martim Afonso de Sousa, navegador advindo de família abastarda, chegou à ilha, nomeando-a de Tynharéa. Entretanto, foi o castelhano Francisco Romero quem a escolheu para viver, estabelecendo-se lá em 1536.

Por ser um local desprotegido, foi palco de diversas investidas estrangeiras, tornando-se campo de grandes batalhas entre colonizadores portugueses e espanhóis, e esquadras francesas e holandesas. Devido a isso, foi construído um forte por volta de 1630, pelo Governador Geral da época, Diogo Luiz de Oliveira, principalmente após uma investida de uma esquadra holandesa, que saqueou a ilha em 1628.


Muros do Forte de Morro de São Paulo

Quase 100 anos depois, o forte foi terminado, na mesma época que as tropas portuguesas derrotaram a esquadra de um almirante francês que, novamente, tentaram invadir a ilha. Depois disso, com a diminuição das guerras entre o Brasil e outros países, principalmente após ter deixado de ser colônia portuguesa, a ilha onde se localiza o Morro de São Paulo ficou bem mais tranquila e pacífica.

Atualmente, Morro de São Paulo é uma região muito visitada por turistas, especialmente aqueles de língua espanhola. A população que vive na cidade, normalmente, tem sua renda extraída do turismo e da pesca, deixando o local ainda mais atrativo, principalmente para as pessoas que desejam fugir da correria do dia a dia.

A ilha, ao ser banhada pelo mar, forma várias praias. Entre as várias praias que existem, quatro delas são as mais frequentadas. Nelas existem bares, comércio, pousadas e água limpa, clara e quente. As pedras e recifes deixam a vista e o mergulho ainda mais satisfatórios. Os peixes transitam por entre as pedras e pelos pés dos turistas mais curiosos.


Entrada do Morro de São Paulo, que também era a antiga entrada do forte

Para aqueles que não gostam tanto do banho de mar, a areia convida para vários esportes, em que redes de vôlei estão dispostas por vários locais. Cadeiras de praia, guarda-sóis e bares também são convidativos, servindo comidas locais, bebidas e música ao vivo, praticamente o dia e a noite inteiros.

Para aqueles que gostam de curtir a história local, casas com arquitetura antiga, resquícios do forte, praças e pousadas antigas são perfeitas para conhecer um pouco mais dos acontecimentos que formaram o que é o povoado atual.

Lojas de artesanato, roupas e lembrancinhas do Morro de São Paulo são uma alegria para comprar lembranças para os familiares e amigos que não puderam ir ao paraíso chamado Morro de São Paulo.

A vida noturna é muito agitada, tendo como principais pontos as duas boates. Uma, com programação vespertina, chama-se Toca do Morcego; enquanto que a outra chamada de Pulsar, com uma diversidade de eventos, balança os turistas ao som dos mais variados ritmos.


Caminho entre bares e cadeiras de praia

Para quem prefere barzinhos, o local tem vários com música ao vivo, bem ao lado do mar, em que é possível colocar os pés na areia enquanto se diverte com um samba, ou, até mesmo, um rock das antigas.

No próximo artigo falaremos de como chegar ao Morro de São Paulo, algumas pousadas e seus atrativos, e como fica a região nas férias. Não deixe de acompanhar nossas postagens.

Veja mais pouco das maravilhas desse lugar:

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário