Peeling de Veneno de Cobra

Peeling de Veneno de CobraJá falamos de vários tratamentos de pele aqui, inclusive dos muitos peelings que existem, suas funções, indicações e necessidades, mas hoje iremos falar de um tratamento que é um tanto curioso, especialmente à primeira vista: é o peeling de veneno de cobra.

Mas não vá pensando que para fazer o tratamento você terá que ficar cara a cara com a cobra ou o animal passou por dissecação ou uma retirada dolorida de seu veneno (nenhum animal foi ferido). O veneno é sintetizado em laboratório para, somente depois, chegar às principais clínicas de estética do país. Vamos, então, entender como esse novo tratamento funciona e quais os principais benefícios dele?

As rugas de expressão começam a aparecer, em média, por volta dos 35 até os 40 anos. Elas são uns dos principais medos da mulher madura, que sente o peso da preocupação e da idade ao se olhar no espelho, todas as manhãs. Nem com toda a maquiagem do mundo é possível disfarçar por completo, e voltar a ter cútis de meninas de 20 anos quando se chega a uma certa idade. Por isso, vários procedimentos, tratamentos e cosméticos são criados diariamente para tratar esse “problema” (se podemos dizer que ganhar rugas seja um problema, afinal todas nós iremos passar por isso, é uma situação normal do ser humano).

Entre os tratamentos mais conceituados, inovadores (afinal se trata de veneno de cobra) e recentes, o peeling de veneno de cobra está na lista de mais procurados para tratamentos estéticos. Semelhante ao benefício proporcionado pelo botox, o veneno de cobra tem sido eficiente para atenuar as rugas de expressão.

Como funciona o tratamento

O veneno da cobra possui uma proteína capaz de bloquear a contração muscular de onde é aplicada, além de estimular a produção de colágeno. O princípio ativo dessa proteína é similar à toxina botulínica, dando a aparência à pele de ser mais lisa, jovem e saudável. Por se tratar de um peeling, como já sabemos (vimos como o peeling funciona no nosso primeiro post sobre o assunto), a camada de pele com células mortas é retirada, o que causará, além da diminuição das rugas proporcionada pela proteína do veneno, deixará a pele mais saudável e rejuvenescida.

A retirada da camada de células é feita através de uma enzima extraída do mamão. Ao se retirar a camada de célula da pele, o veneno de cobra é mais bem absorvido pela pele, potencializando ainda mais o tratamento. Além de causar descamação da pele, a papaína (enzima do mamão que serve para retirar as células velhas da pele) limpa, suaviza e deixa a pele mais firme.

É importante saber que a quantidade de veneno é segura, quando o procedimento é realizado por pessoas treinadas, não tendo consequências problemáticas, como a morte. A proteína que foi desenvolvida para esse tratamento chama-se waglerina, um peptídeo sintético, que foi criada por especialistas no assunto na Suíça.

Veja o vídeo com apresentação do produto com o veneno de cobra.

Indicações

Esse peeling é aconselhado para todos os tipos de pele, mas é importante consultar o dermatologista antes de realizar qualquer procedimento. Como a enzima do veneno de cobra, mesmo se tratando da enzima sintetizada em laboratório, paralisa a musculatura, procure por clínicas respeitáveis, com profissionais com experiência, afinal, mesmo sendo segura, o uso exagerado do tratamento poderia causar problemas mais sérios.

 

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário