Toca – Projeto de Marcelo Rosenbaum

Conhecido pela sua criatividade à frente do quadro Lar Doce Lar do programa Caldeirão do Hulk, Marcelo Rosenbaum é o designer por trás do sucesso de casas construídas a custo baixo e com ideias possíveis, onde os telespectadores podem se basear para criar suas próprias decorações, com preços mais baixos. A principal inspiração de Marcelo para criar é a brasilidade. Pensando assim, o designer, juntamente com outros três designers, Rita João e Pedro Ferreira, portugueses, e a designer piauiense, Kalina Rameiro, iniciaram um projeto para mostrar o que o Brasil tem de melhor.

Chamado de A Gente Transforma, o projeto visa criar produtos usando matérias primas diretamente do coração do Brasil. A proposta é adicionar diversidade aos trabalhos dos artesãos locais, além de qualidade e valor ao que eles já faziam.

Marcelo e os outros três designers coordenaram grupos de artesãos locais para criar uma coleção com 28 peças, dentre elas com itens para decoração e joias. Os materiais usados eram exclusivamente da natureza, a qual cresce no sertão do Piauí.

A palha da carnaúba, árvore típica da região piauiense e a borracha, também extraída das árvores do local foram os principais materiais usados. Os artesãos locais foram divididos em dois grupos: um grupo para a palha, com pessoas que já tinham experiência na confecção de artesanato com ela; e outro grupo para trabalhar com a borracha, também com experiência com esse material.

O projeto associou experiências práticas, dos artesãos do sertão do Piauí, com uma nova visão, teórica, dos conceituados designers. O principal benefício que esse projeto poderia arrecadar é a possibilidade mostrar as belíssimas peças criadas, e o ótimo trabalho que esse artesãos, esquecidos no coração do Brasil, fazem com produtos, na maioria das vezes, que não receberam, ainda, o devido valor.

Marcelo Rosenbaum explica seu objetivo ao criar este projeto: “Acreditamos em novos modelos para o desenvolvimento do país. O A Gente Transforma traz um olhar novo para o design, e tem como objetivo o desenvolvimento local a partir da forma como se relaciona com a comunidade e com o mundo, conectando o local com o global. Leva geração de renda e empoderamento a partir da vocação genuína dessa comunidade que é o artesanato”.

A coleção está sendo expostas em várias galerias, incluisive na exposição Fronteiras, em um evento paralelo ao Salão do Automóvel, em Milão, Itália. Participou de várias outras exposições, incluindo aquelas que lojistas brasileiros poderiam comprar para revender em suas próprias lojas.

A boa notícia é que quem gostou dos produtos já poderá comprar e o preço não é nada salgado. Entre os produtos para a decoração, é possível comprar lindos cestos a partir de R$ 55. Já as joias, existem peças no valor de R$ 39.

Várias lojas já vendem as peças, incluindo a Le Bon Marché, em Paris. Aqui no Brasil, as principais lojas que vendem os produtos são: em Goiânia, na loja Armazém Decoração; em São Paulo capital, nas lojas Conceito Firma Casa e na Essencial; no interior de São Paulo, na cidade Jaú, na loja Didecor; em Porto Alegre, nas lojas História de Garagem e Love It; em Teresina, na Terrasse; em Brasília, na Dcore; e, no Rio de Janeiro, na loja Velha Bahia.  

Ex-patricinha, ex-peoa, ex-hippie, sou formada em Letras e apaixonada por moda e maquiagem desde que ganhei meu primeiro batom de moranguinho. Para mim, rosa não é só uma cor, é uma filosofia de vida.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário